Humana

Agenda cultural / Inscrições abertas para oficinas de formação de leitores

Os recentes dados sobre leitura no Brasil, apresentam números assombrosos: o país perdeu 4,6 milhões de leitores na última década e apenas 52% dos brasileiros possuem o hábito da leitura.

Considerando que a prática da leitura é fundamental para a formação do sujeito, as OFICINAS DE ARTE: IMAGINAR E PENSAR O MUNDO COM LITERATURA E FILOSOFIA propõem a instrução e a formação dos participantes, assim como a interação e troca de conhecimento, estimulando a leitura como algo satisfatório, que pode ser benéfico para a vida do indivíduo e da sociedade.

Sendo a leitura um elemento de construção social, cultural e intelectual, busca-se o desenvolvimento do pensamento crítico, da criatividade, da lógica, da imaginação e da curiosidade, além do reforço no processo de alfabetização e escrita (no caso das oficinas para crianças), influenciando na construção e no acesso aos saberes contemporâneos (no caso das oficinas para o público jovem).

As inscrições estão abertas para três turmas que desenvolverão suas atividades entre os meses de junho, julho e agosto de 2022 na Biblioteca Pública Municipal de Chapecó, em parceria com a Humana Sebo e Livraria.

Este projeto foi selecionado no Prêmio Elisabete Anderle de Incentivo à Cultura – Edição 2021, executado com recursos do Governo do Estado de Santa Catarina, por meio da Fundação Catarinense de Cultura.


Sobre as oficinas/turmas disponíveis

Turma A: INICIAÇÃO À LITERATURA INFANTIL, com a professora Gerliane Mendes
10 vagas para crianças de 6 a 10 anos de idade, aulas nas segundas-feiras, das 9h30 às 11h30, com início no dia 06 de junho e término no dia 1 de agosto de 2022. Total de 20 horas/aula.

Turma B: INICIAÇÃO À FILOSOFIA, com o professor Diógenes Gluzezak
15 vagas para jovens de 10 a 15 anos de idade, aulas nas quintas-feiras, das 14h às 16h, com início no dia 02 de junho e término no dia 18 de agosto de 2022. Total de 20 horas/aula.

Turma C: INICIAÇÃO À LITERATURA PERIFÉRICA, com Marília Amorim
15 vagas para jovens de 15 a 20 anos de idade, aulas nas quartas e sextas-feiras, das 16h às 18h, com início em 29 de junho e término em 10 de agosto. Total de 20 horas/aula.

* Em todas as turmas 30% das vagas reservadas para pessoas autodeclaradas pretas, paradas, indígenas, trans e/ou pessoas com deficiência.


Sobre as inscrições

As inscrições estarão abertas até o dia 31 de maio (ou até o preenchimento das vagas). Devem ser realizadas presencialmente na Humana Sebo e Livraria, localizada na Rua Marechal Bormann, 82D, Sala 13 (dentro do Centro Comercial Chapecó. Mais informações pelo fone/whatsapp: 49 3316-4566.


Sobre as(o) professores

Gerliane Mendes

Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Ouro Preto, mestre em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Atualmente cursa Letras na Universidade Federal da Fronteira Sul. Dedica-se artisticamente à Literatura infantojuvenil e atividades lúdicas em torno dessa linguagem, através da Produtora Independente Lenitiva Cultural. Cursou oficinas nas linguagens de Confecção e Manipulação em Teatro de Bonecos e Teatro de animação (Cia. Caravan Maschera, Teatro Navegante, Cia Mútua), de Contação de Histórias (Cia Contacauso, Casa dos Contadores de Histórias), participou de palestras e encontros de práticas em literatura infantojuvenil (Franco Editora, Tino Freitas, Glória Kirinus, Aparecida de Jesus Ferreira). Recebeu dois prêmios do Edital das Linguagens: Formação em Confecção e Manipulação de Bonecos de Mesa (2017), História das Princesas Negras (2019), premiado também no Edital Elisabete Anderle 2019. A artista vem se aprofundando na arte de contar histórias, unindo seu interesse pela literatura infantil e teatro de animação e confecção de bonecos. Esteve em residência artística com o artista plástico e contador de histórias Hélio Leites (PR) por 4 meses, onde iniciou a escrita das histórias e montagem da peça “Pelos Cabelos de Rapunzel”. Durante a pandemia, alimentou o Canal Lenitiva Cultural, com vídeo de contação de contos tradicionais. É manipuladora de Teatro Lambe, com dois espetáculos em circulação: Bruxa Roots Master Chef e Piaf Itinerante.

 

Diógenes Gluzezak

Formado em Filosofia (Licenciatura Plena) pela Universidade do Oeste de Santa Catarina, professor da rede pública de ensino desde 2001 nas áreas de Filosofia e Sociologia, busca na literatura um modo de aproximação entre o ensino da filosofia e sociologia e o universo dos alunos, dando ênfase a aspectos éticos, ontológicos e políticos. Participou de projetos de pesquisa e extensão na Universidade Federal de Santa Maria como público externo, nos quais atuou como assessor na adaptação para a cena teatral do romance Jakob Von Gunten de Robert Walser para o espetáculo Zero à Esquerda, contemplado pelos editais de fomento da Lei de Incentivo à Cultura no Palco Treze (2017) e Palco Tui – Espaço Cultural Victorio Faccin (2017), ambos na cidade de Santa Maria/RS. Além disso, foi um dos fundadores do Grupo Vertigem de Ações Poéticas, dedicado à leitura de poesias em vários espaços da cidade de Chapecó e Rio Grande do Sul.

 

Marília Amorim

Proponente e coordenadora do projeto, tem experiência no universo livreiro, há aproximadamente 2 anos é livreira da Humana Sebo e Livraria de Chapecó (SC). É licenciada em História pela Universidade Federal da Fronteira Sul, mestranda em Teoria da História e Historiografia pelo Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Atualmente se dedica a pensar produções de narrativas e as categorias de autoria, livros, livrarias, leituras e leitores com destaque para aquelas produzidas às margens de figuras canônicas.